Voltar para a Página Inicial

Endívia

Endívia (Cichorium endivia) é uma verdura da família Asteraceae. São consumidas cozinhadas ou cruas em saladas.

Endívia é também um dos nomes comuns para alguns tipos de chicória (Cichorium intybus), nomeadamente a chicória-belga ou chicória-francesa. Existe considerável confusão entre as designações vulgares de Cichorium endivia e Cichorium intybus.[1]

A endívia pertence ao género das chicórias, que inclui vários vegetais semelhantes com folhas amargas.

A endívia é rica em muitas vitaminas e minerais, especialmente folato e vitaminas A e K e fibras.

Existem duas variedades principais cultivadas de endívia:

* A endívia-frisada (var crispum). Este tipo tem folhas exteriores estreitas, verdes e frisadas. Também chamada chicória ou chicória-frisada.
* A escarola,[2] chicória-lisa ou endívia de folha larga (var latifolia) possui folhas largas de cor verde-pálida e é menos amarga que as outras variedades.

História

Foi conhecida e consumida pelos antigos egípcios, gregos e romanos. Tal como ocorreu com numerosas verduras e hortaliças, a escarola teve inicialmente uma utilização mais medicinal que culinária. Não obstante, na literatura egípcia, existem referências ao consumo desta verdura tanto cozida como crua em saladas.

Artigo extraído do Wikipédia – http://pt.wikipedia.org/wiki/Endívia

A sua introdução na Europa data do século XIII. Na actualidade goza de uma enorme popularidade em todo o continente.

É durante a época invernal que a escarola oferece o seu esplendor e maior qualidade, embora se consiga, actualmente, encontrá-la no mercado durante todo o ano.